Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


28 de Março de 2018

AIGUILLE DU MIDI: AVENTURA NO TOPO DOS ALPES FRANCESES, EM CHAMONIX

No vale de Chamonix-Mont-Blanc, a subida ao pico do Aiguille Du Midi oferece vistas deslumbrantes dos Alpes Franceses e cabine de vidro a 3.842 metros de altitude.

A viagem de Lausanne, Suíça, até o vale de Chamonix-Mont-Blanc, na França, provoca um frenesi de sonhos alpinos. As duas horas e meia do trajeto são uma sucessão de paisagens deslumbrantes. O percurso, cuja primeira etapa é feita nos confortáveis trens da SBB, precipita-se nas margens do límpido Lago Léman, passa por Vevey e Montreux, até chegar na região mais alta, Martigny, de onde é feita a mudança para o trem que entrará em território francês. Em poucos minutos e já no Mont-Blanc-Express, a sucessão de vales e precipícios revelam os picos dos Alpes Franceses, entre eles o Aiguille du Midi.

No percurso para o topo do Aiguille du Midi, uma parada no ponto de observação Plan de l’Aiguille, de onde se avista o Mont-Blanc.

A estação teleférica do Aiguille du Midi

Situada a mais de mil metros de altitude, a sossegada Chamonix é uma das principais estações de inverno europeias. Um dos principais passeios do destino é a subida até o pico do Aiguille du Midi, ponto de partida para se ter a melhor visão do legendário Mont-Blanc, a montanha mais alta da Europa Ocidental, com 4.808 m de altitude.

O teleférico a caminho do Aiguille du Midi. O percurso total leva 20 minutos e oferece vistas de tirar o fôlego do Alpes Franceses.

A enorme estação do teleférico (Téléphérique de l’Aiguille du Midi), de onde partem as gôndolas panorâmicas que levam os visitantes até o topo do Aiguille, está localizada a poucos passos do charmoso centrinho de Chamonix. O percurso até o alto da montanha dura vinte minutos e garante vistas espetaculares das geleiras e dos Alpes Franceses, Suíços e Italianos.

Parada em Plan de l’Aiguille

A primeira parada até chegar ao topo do pico do Aiguille du Midi é feita no Plan de l’Aiguille, um planalto árido a 2.310 metros de altura, de onde se pode avistar o paredão de escarpas rochosas e, lá embaixo, o vale de Chamonix.

Do mirante de Plan de l’Aiguille: vistas para os maciços rochosos e o vale de Chamonix

Nesta etapa intermediária do percurso, de onde já se pode ter uma visão deslumbrante do maciço do Mont-Blanc, a dica é parar no restaurante Refuge du Plan de l’Aiguille e desfrutar das vistas a partir do terraço.

A estrutura do Aiguille du Midi

Reserve pelo menos três horas para explorar o Aiguille du Midi. A arrojada estrutura montada no topo, a 3.842 m, é descomunal e surpreende pela quantidade de pontos de observação, terraços, elevadores, passarelas e longas escadarias de ferro que serpenteiam o maciço rochoso.

Terraços, elevadores, passarelas e longas escadarias de ferro convidam os visitantes a explorar o topo do Aiguille du Midi.

Um tubo de ferro suspenso a milhares de metros acima da geleira permite a passagem por dentro do cume do Aiguille du Midi.

Vista do “The Pipe”. Túnel de aço suspenso acima da geleira que permite a passagem ao redor do cume do Aiguille.

Para quem deseja uma experiência completa, há muito o que fazer no topo do Aiguille. Por entre tantas passagens, um elevador corta o cume da montanha e conduz ao ponto de observação mais alto, cujo terraço circunda um imenso transmissor de TV. Para quem quer comer, as opções ficam por conta do Le Vertical Café & Shop, Summit 382 Café e o Le 3842 Restaurant, que serve especialidades da cozinha savoyarde, típicas da região de Auvergne-Rhône-Alpes.

Um passo em direção ao abismo no “Step into the Void”

A cabine de vidro é um dos grandes destaques do Aiguille du Midi. Chamado de “Step into the Void”,  permite que os visitantes deem um passo para o precipício, um vazio a quase 4 mil metros de altitude. Para entrar na estrutura, é necessário usar pantufas para não arranhar o piso transparente. O cubo de vidro se projeta para fora do terraço, oferecendo vistas inesquecíveis para a cadeia de montanhas e da fabulosa cidade de Chamonix, um paraíso alpino que você deve visitar pelo menos uma vez na vida.

A atração “Step into the Void”. A cabine de vidro que se projeta para o abismo.

Organize aqui sua visita ao Aiguille du Midi

Os ingressos para adultos custam a partir de 61,50 Euros. Há passe para famílias por 190,70 Euros (2 adultos + 2 crianças e 3ª, 4ª e 5ª da mesma família são grátis). A entrada é grátis para crianças menores de 5 anos.

Considerando que as temperaturas atingem facilmente -1°C, leve roupas quentes, casacos, luvas, protetor solar e óculos escuros.

Não é recomendada a entrada de crianças menores de 5 anos de idade e crianças abaixo de 3 anos possuem acesso proibido.

O tempo de viagem de ida é de 20 minutos, com uma parada no caminho em Plan de l’Aiguille.

O horário e a frequência do teleférico variam de acordo com a época do ano, por isso recomendamos a consulta prévia ao site.

+RockyPop Hotel, em Chamonix-Mont-Blanc

Sobre o transporte público gratuito em Chamonix-Mont-Blanc 

Carte d’Hôte Pass  é um cartão que todos os visitantes recebem ao se hospedar num hotel do vale de  Chamonix-Mont-Blanc. Com ele, todo o transporte público na região formada por Servoz, Les Houches, Chamonix, Argentière e Vallorcine será gratuito durante o período da estadia. Não esqueça de pedi-lo no ato do check-in. Além do transporte público, o cartão oferece acesso a esportes públicos e algumas atrações artísticas.

Onde se hospedar em Chamonix-Mont-Blanc

No vale de Chamonix-Mont-Blanc, ficamos hospedados no novíssimo RockyPop Hotel. Um hotel design, localizado em Les Houches e distante apenas 5 km do centrinho de Chamonix. São 148 quartos distribuídos num edifício em estilo chalé alpino, fachada com letreiro de cinema e interior contemporâneo. 

Sobre a viagem a Chamonix-Mont-Blanc

Viagem Sem Bagagem viajou a convite do escritório oficial do turismo do vale de Chamonix-Mont-Blanc. Do Brasil, viajamos até Frankfurt, com a Condor Airlines, e conexão para Genebra com a Lufthansa. 

Site do órgão oficial do destino: www.chamonix.com




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress Desenvolvido por

Siga o instagram ×
Visitar @viagemsembagagem