Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


A partir desta quarta-feira (10), os teatros do Recife abrem as cortinas para o 24º Janeiro de Grandes Espetáculos. A abertura, às 20h30 no Teatro de Santa Isabel, será com o musical “Dorinha, Meu Amor”, direção e roteiro de João Falcão, com interpretação da atriz e cantora Isadora Melo. Esta sessão contará com recursos acessíveis de audiodescrição e libras. Na quinta-feira (11), o espetáculo será reapresentado às 20h. Dentro da programação de estreia, o jornalista Cleodon Coelho lança o livro “José Pimentel – Para Além das Paixões”, às 19h, também no Santa Isabel. Confira detalhes do primeiro dia do maior festival de artes cênicas de Pernambuco (programação completa em www.janeirodegrandesespetaculos.com).

PROGRAMAÇÃO 10/jan

>> 19h, Teatro de Santa Isabel | Lançamento do livro “José Pimentel – Para Além das Paixões”
“Dono de uma espontaneidade interpretativa incomum, talvez tenha sido isso que tenha feito com que ele merecesse elogios de personalidades de áreas tão distintas, como as atrizes Henriette Morineau e Fernanda Montenegro, os escritores Rachel de Queiroz e Osman Lins, o diretor de cinema Franco Zeffirelli, o frade Frei Damião e até os ex-presidentes Ernesto Geisel e João Figueiredo.” É assim que o autor do prefácio do livro “José Pimentel – Para Além das Paixões”, o professor de jornalismo e publicidade e mestre em letras Carlos André Carvalho se refere ao ator pernambucano cuja imagem está profundamente associada aos espetáculos da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém e do Recife. Carlos André, no entanto, faz questão de ressaltar, de imediato, que Pimentel “é muito mais que um homem de teatro” – no qual ele não é só ator, mas também diretor, iluminador, figurinista e sonoplasta – “é um homem das artes”.

É esse profundo e múltiplo vínculo de José Pimentel com o universo artístico e cultural que o jornalista, escritor e roteirista pernambucano Cleodon Coelho, autor do livro, procurou enriquecer com detalhes inéditos, focalizando também, entre outros talentos do artista, os de escritor, poeta, jornalista, cineasta, teleator, professor de teatro da UFPE e apresentador de programa televisivo, como o “Sinal Fechado”, considerado um desafio à censura do regime militar. Para isso, Cleodon passou um bom tempo mergulhado em documentos, arquivos de jornais locais e nacionais, programas de peças teatrais, fotografias e dedicatórias, além de conversas com parentes e amigos de Pimentel e horas de entrevistas com o próprio biografado, que, em razão de sua profícua atuação em vários campos, foi homenageado, em 2008, pela escola de samba São Carlos, do Recife, com o enredo José Pimentel, patrimônio vivo da cultura pernambucana.

Com 186 páginas em papel couchê e 144 imagens (principalmente fotos), “José Pimentel – Para Além das Paixões” (R$ 80) é o 10º volume da Coleção Memória, série com que a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) homenageia personalidades pernambucanas que têm colaborado para o engrandecimento cultural, histórico, político e econômico do Estado.

>> 20h30, Teatro de Santa Isabel | “Dorinha, Meu Amor”
Nos anos 2000, João Falcão criava no Recife o espetáculo ”A Máquina” e, em 2017, uma parceria que vinha se fortalecendo desde 2015 fez nascer – 17 anos depois da história de amor entre Karina e Antônio – mais uma montagem do diretor em Pernambuco: o musical “Dorinha, Meu Amor”. Fruto do encontro entre João e Isadora Melo, ainda quando a cantora foi dirigida por ele, na série “Amorteamo” (2015) e depois, em “Gabriela, Um Musical” (2016), “Dorinha, Meu Amor” estreou em setembro, no Recife.

O musical reúne no palco a cantora Isadora Melo, Juliano Holanda (guitarra) e Rafael Marques (bandolim). Dorinha é uma personagem que conta várias histórias, conta os amores e paixões de todas as mulheres que cabem dentro dela, sempre costurando ao texto músicas populares de compositores brasileiros dos últimos 100 anos. Nomes como Antônio Maria, Accioly Neto, Lupicínio Rodrigues, Alceu Valença, Chico Buarque, Isolda, Roberto Carlos e Juliano Holanda estão entre os compositores que serão cantados no palco.

Nascido em Pernambuco e morando no Rio de Janeiro há mais de 20 anos, João Falcão mantém a relação com a terra onde nasceu não só pelos laços afetivos, mas também por identificar aqui uma grande potência artística, sempre encontrando gente talentosa. “Dorinha, Meu Amor” é prova desse encontro. Cada apresentação contará ainda com um convidado especial. No dia 10, quem sobe ao palco com Isadora Melo é a cantora Flaira Ferro. Já no dia 11, Almério acompanha Dorinha.

SERVIÇO
Janeiro de Grandes Espetáculos
Dia 10 de janeiro (quarta-feira)
Teatro de Santa Isabel: Praça da República, s/n, Santo Antônio
19h: lançamento do livro “José Pimentel – Para Além das Paixões”
20h30: apresentação de “Dorinha, Meu Amor”

Ingressos para o espetáculo: R$ 60 e R$ 30 (meia), à venda no site www.compreingressos.com/janeirodegrandesespetaculos e no Teatro de Santa Isabel
Informações: 81. 3355.3322




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress Desenvolvido por