Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


27 de Janeiro de 2018

BERGHOTEL TRÜBSEE TITLIS: UM SONHO ALPINO NO TOPO DAS MONTANHAS EM ENGELBERG, SUÍÇA

Entre o vilarejo de Engelberg e o topo do Monte Titlis, o Berghotel Trübsee oferece uma combinação de paisagens alpinas deslumbrantes. Teleférico Titlis Xpress nos conduziu a nossa acomodação a 1800 metros de altitude.

Apenas 43 minutos no moderno trem Luzern-Engelberg Express separam a estação central de Lucerna do encantador vilarejo de Engelberg, porta de entrada para o ponto mais alto de toda a região – o Monte Titlis, com seus 3.020 metros de altitude. Curiosamente, no meio do caminho – entre Engelberg e a estação de Titlis – está o Berghotel Trübsee, um lodge alpino com apenas 37 confortáveis acomodações. O hotel, majestosamente situado num penhasco a 1.800 metros de altitude, é um refúgio que nos fez sentir a imensidão das montanhas em toda a sua plenitude. Para acessá-lo, um sistema de 90 gôndolas teleféricas chamada de Titlis Xpress conduz os hóspedes num passeio de apenas 9 minutos por cima do vale com florestas de pinheiros e fazendas, onde vacas pastam sossegadamente. Abaixo nosso relato no Berghotel Trübsee.

Berghotel Trübsee. Em Titlis, nossa hospedagem com todo o esplender das montanhas a 1.800 m de altitude.

NO CORAÇÃO DAS MONTANHAS

O Berghotel Trübsee foi erguido no final do século XIX como uma simples pousada, mas sua estrutura foi totalmente reconstruída e hoje abriga décor rústico contemporâneo e 37 quartos. O nome Berghotel – que em alemão significa hotel de montanha – faz jus a sua localização privilegiada no coração das cordilheiras, a meio caminho entre Engelberg e o topo do Monte Titlis. No verão, destacam-se as trilhas, passeios de barco no lago Trübsee e as atividades do Titlis Adventure Park, cuja entrada é aberta para os hóspedes, como também para quem utiliza o sistema teleférico, o “cable car ticket”. Em novembro, quando a neve começa a cair nas montanhas, as pistas de esqui ressurgem e o hotel se transforma no centro da área de esqui. No fim da tarde, quando a tranquilidade impera sobre os picos cobertos de neve e o infinito se apresenta com o céu repleto de estrelas, a dica é se deliciar com o menu de quatro tempos servido no restaurante panorâmico.

A vista partir da sacada no Berghotel Trübsee. Montanhas, precipícios e florestas densas de pinheiros. A vida alpina em toda sua plenitude.

A ESTRUTURA

Como é um logde de montanha totalmente integrado à natureza e com temperaturas rigorosas no inverno, o Berghotel Trübsee foi concebido em estilo alpino chique com quartos bastante acolhedores, fazendo uso de materiais que trazem ainda mais conforto ao interior, como madeiras, peles de vacas naturais e pedras que revelam nas paredes a geologia da montanhas. O restaurante principal do hotel, com terraço com vista fabulosa para as montanhas e o sistema de teleféricos, é um destaques da propriedade. Rústico e bastante charmoso, chama a atenção logo na entrada porseus elegantes lustres entre grandes toras de madeira e muitos elementos da vida do campo alpina.

Para quem curte atividades ao ar livre imersas nas montanhas, o Berghotel é o lugar ideal. O complexo abriga, além das belas trilhas para caminhada, o lago de montanha chamado de Lago Trübsee. De um lado, majestosas montanhas que o circundam; do outro lado, uma pequena floresta que culmina num grande penhasco.

Vista do lago chamado de Trübsee a partir do alto da gôndola do teleférico

Barcos com capacidade para até quatro pessoas são disponibilizados para que os hóspedes possam descobrir as belezas naturais do lago.

Barcos ajudam os hóspedes a descobrir as belezas naturais do Lago Trübsee

No final da tarde, o reflexo das montanhas cobertas por neve no lago é uma beleza de se ver. Os cumes rochosos parecem se estender pelas águas cor de esmeralda, formando uma visão perfeita dos Alpes.

Ao entardecer, a dica é contemplar as maravilhas naturais do Lago Trübsee.

JANTAR COM VISTA PARA AS ESTRELAS

Ao cair a noite, a dica é o jantar em quatro etapas oferecido no agradabilíssimo restaurante principal do Berghotel Trübsee, cuja vista é para o incrível panorama de montanhas alpinas. No cardápio são oferecidos pratos simples, contudo bem executados e reconfortantes. Durante o jantar foi servido mix de salada, sopa de cenoura e gengibre, batata rosti com bacon queijo e ovo e, de sobremesa, banana caramelizada com sorvete de creme.

QUARTO

Nossa acomodação no estilo chalé alpino era espaçosa e com elementos naturais, como madeira e pedra. A sala do quarto era decorada com gravuras de antigos teleféricos e abrigava uma pequena estação de trabalho. Contudo, o ponto alto do quarto era sua ampla sacada com vistas panorâmicas dos Alpes em todo seu esplendor.

CAFÉ-DA-MANHÃ

Também servido no restaurante principal, o café-da-manhã do Berghotel Trübsee é simples. Em estilo buffet, traz poucas opções, como croissants, pães frescos, seleção de queijos, ovos e bacon, presuntos, legumes, frutas, geleias artesanais, iogurtes, sucos e, como nos demais hotéis suíços, uma boa seleção de cafés.

 

Informações:

Localizado a 1.800m dentro da área de esqui

Acessível apenas por teleférico a partir da estação Titlis-Engelberg 

Último teleférico parte de Engelberg às 16:30 horas

São 37 acomodações, incluindo suítes e quartos para famílias

São três restaurantes: Lago Torbido, Sun Terrace, Trübsee Bar & Lounge e um restaurante self-service, onde é servido o café-da-manhã. Além dos restaurantes, a estrutura conta com cinema, sauna, imenso terraço panorâmico, parque de aventuras e barcos para explorar o belíssimo Lago Trübsee.

Wi-fi gratuito e, embora esteja no topo das montanhas, é de excelente qualidade

Animais não são permitidos no hotel

Hora do check-in: 14 h

Hora do check-out: 10 h

Distâncias até Engelberg-Titlis

De Zurique: do aeroporto de Zurique pegue o trem em direção a Lucerna. Em Lucerna troque para o trem Zentralbahn (plataforma 13), direção a Engelberg. Tempo total da viagem partindo estação central de trem de Zurique: 1 h 49 minutos

De Lucerna: pegue o trem Zentralbahn (plataforma 13). Tempo total da viagem: 43 minutos 

+ O vilarejo de Engelberg aos pés do Monte Titlis

+ O que fazer em Lucerna – Suíça

+ Onde se hospedar em Lucerna: hotel boutique Anker 

+ O que fazer no Monte Titlis 

 

Sobre a viagem a Engelberg-Titlis

Veron Campos viajou a Lucerna e a Engelberg-Titlis a convite do Luzern Tourismus AG, o órgão de turismo oficial do destino, com o apoio do Hotel Anker e do Hotel Trübsee. Do Brasil, o autor viajou até Frankfurt, com a Condor Airlines, e conexão para Genebra com a Lufthansa. 

Site oficial do destino: www.engelberg.ch

Berghotel Trübsee

6391 Engelberg | Schweiz

Fone: +41(0)41 639 50 92




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress Desenvolvido por