Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


12 de novembro de 2017

O QUE FAZER EM MONTREUX: UM MERGULHO PELOS CENÁRIOS ENCANTADORES DA RIVIERA SUÍÇA

Do lendário Castelo de Chillon à vibrante promenade que se estende à beira do lago, Montreux provoca muita inspiração e abriga belas atrações turísticas. Confira abaixo nosso roteiro durante dois dias pela Riviera.

Cidades irmãs, Vevey e Montreux são os dois principais destinos da Riviera Suíça (ou Riviera Montreux). Apenas sete minutos – o que pode ser um convite para uma boa caminhada – separam as duas pérolas da charmosa região do Cantão de Vaud. Situada entre o Lago de Genebra (ou Lago Léman) e os Alpes, Montreux impressiona pela paisagem de tirar o fôlego formada por natureza exuberante, clima agradável e pelos charmosos edifícios no estilo Belle Époque. Pequena, goza de um excelente qualidade de vida que – desde o século XIX – vem seduzindo alguns dos maiores nomes da literatura e da música mundiais, como Freddie Mercury, a celebridade local mais cultuada e cuja estátua é uma parada mais do que obrigatória na efervescente orla pontuada por esculturas olhando para as águas cristalinas do seu lago cor de esmeralda. Entre os brasileiros, a cidade também é bastante conhecida pelo seu famoso festival de música, o Festival de Montreux, que já completou meio século e cujas edições anuais acontecem no meses de junho a julho.

Montreux e seu calçadão na Riviera Suíça. Vista deslumbrante para o Lago Léman e os Alpes.

MONTREUX PARA SE LOCALIZAR

Montreux está situado às margens do Lago de Genebra, no Cantão de Vaud (Suíça), no coração da Europa. Com clima ameno durante praticamente o ano todo, é também conhecida como a capital da Riviera de Vau. São aproximadamente 27 mil habitantes vivendo no seu pequeno território. A língua oficial é o francês, mas o inglês e o alemão são também falados pela maioria dos seus residentes. A moeda é o Franco Suíço, cuja cotação durante nossa viagem era 1 Franco Suíço equivalendo a R$3,53. A distância de viagem de trem para o Aeroporto de Genebra é de aproximadamente 1 h 11 minutos.

Montreux, Suíça

SOBRE O MONTREUX RIVIERA CARD

Quando você se hospeda num hotel da Riviera Montreux, recebe no ato do check-in, o “Montreux Riviera Card” . Com este cartão, todo o transporte público pela região será gratuito durante sua estadia. É intransferível, vem com o nome do hotel em que você está hospedado e ainda oferece descontos de 50% nas principais atrações, como Chaplin’s World, Alimentarium, Nest Museum, passeios de trem pelas montanhas e nos cruzeiros pelo Lago Léman. Nossa hospedagem na Riviera Montreux foi no Astra Hotel, em Vevey.

Quando você se hospeda em qualquer hotel na Rriviera Montreux, recebe o Montreux Riviera Card, que permite transporte gratuito durante o período de hospedagem

1.CALÇADÃO DE MONTREUX

A caminhada de 12 km entre Vevey e Villeneuve é puro prazer. O extenso calçadão – no trecho de Montreux – oferece vistas memoráveis pontuadas por um parque de esculturas fincadas nas pedras que margeiam o lago de águas translúcidas. Durante a caminhada, observe as fachadas dos prédios com ares art nouveau. Muitos deles são ocupados por belos hotéis, com sacadas de elegantes varandinhas de ferro. Como não se emocionar com a escultura da criança pintando o céu? Pura inspiração! Aproveite e vá também no Centro de Informações Turísticas, próximo ao terminal de balsas.

2.ESTÁTUA DE FREDDIE MERCURY

Uma das atrações mais emblemáticas da charmosa orla de Montreux é a icônica Estátua de Freddie Mercury. Localizada em frente à Praça do Mercado (Place du Marché), é uma homenagem da cidade a um dos seus moradores mais ilustres, que viveu em Montreux de 1980 a 1991. Bem em frente à estátua Freddie Mercury está a Plataforma do Lago, cujo formato arrendondado que avança sobre o lago permite a captura de ótimas fotos.

3.CASTELO DE CHILLON

O icônico Castelo de Chillon do século XII é um dos monumentos históricos mais visitados na Suíça. Bastante presente no imaginário popular através dos séculos, já foi pintado por Courbet e Delacroix e também retratado em famosas obras literárias por Rousseau, Byron e Hugo. Localizado a apenas 3 km do centro de Montreux, é uma fortaleza medieval fincada numa pequenina ilha rochosa ligada à costa por uma pequena ponte. Durante nossa visita, pudemos conferir as masmorras na parte mais alta do castelo, murais com pinturas do século 14 e suntuosos salões que retratam o cotidiano da Idade Média. Há várias opções disponíveis para os visitantes, como visitas individuais ou em grupo com guias, incluindo audioguia e lojinha com souvenirs.

Para saber mais, acesse: www.chillon.ch

4.CENTRO ANTIGO DE MONTREUX

Passear pelo centro histórico de Montreux é uma prazerosa viagem ao passado. Situado a apenas dez minutos do lago, possui ruas sinuosas de paralelepípedos e pedras antigas que abrigam casas no estilo Belle Époque. Vale a pena explorar, na subida para as colinas, as charmosas Rue du Pont e Rue du Temple. As ruas também abrigam vários locais culturais interessantes, como o Museu de Montreux. Do alto oferece vistas vislumbres para o panorama que mistura lago, montanhas e florestas.

Na subida para a colina, o centro histórico de Montreux; ao fundo, os Alpes (foto oficial do Montreux Riviera Tourism)

5.O CASINO BARRIÈRE E O QUEEN STUDIO EXPERIENCE

Funciona dentro do Casino Barrière o Queen Studio Experience, cujo espaço abriga uma exposição inteiramente dedicada ao famoso grupo de rocky britânico “Queen”. A exposição retrata um dos períodos mais importantes da vida da lendária banda: a gravação de seis álbuns no estúdio entre 1978 e 1995. Também oferece aos visitantes a oportunidade de viajar pelo ambiente criativo do grupo, onde é possível ver itens pessoais pertencentes ao grupo, versões manuscritas de suas músicas e vídeos originais.

6.A VISTA DESLUMBRANTE DO HÔTEL VICTORIA

O Hotel Victoria está localizado em Glion no alto de uma colina com vista de embasbacar para as montanhas e o Lago Léman. Faz parte do seleto clube dos hotéis de luxo e restaurantes refinados da rede Relais & Chateaux. O hotel boutique conta com restaurante comandado pelo chef Gilles Vincent e menu com clássicos da cozinha francesa. Vale muito passear pelo suntuoso jardim, sentar no terraço e tomar um aperitivo. Diárias a partir de R$885,00.

7.PASSEIO DE BARCO PELO LAGO

Essencial fazer o passeio de barco pelo lago, de onde você tem uma visão memorável do idílico cenário da Riviera. A Companhia Geral de Navegação do Lago Genebra (CGN) opera a maior frota do mundo de navios a vapor Belle Époque. Há saídas diárias partindo de Montreux, como também de Vevey, Cully ou Villeneuve, com opções de cruzeiros gastronômicos ou apenas turísticos, que permitem ao visitante observar as encostas, os castelos, as vinhas de Lavaux e as montanhas da região.

 

+ O que fazer na Riviera Suíça – Vevey e Montreux

+ Onde ficar na Riviera Suíça

+ Onde comer na Riviera Suíça – Vevey e Montreux 

 

SOBRE A VIAGEM A MONTREUX

Veron Campos, o autor do Viagem Sem Bagagem, viajou a Montreux a convite do Montreux-Vevey Tourisme – o órgão oficial de turismo da cidade, com o apoio do Astra Hotel. Do Brasil, o autor viajou até o destino com a Condor Airlines (Thomas Cook Group) na rota Recife – Frankfurt – Genebra.  

ECONOMIZE DINHEIRO COM O MONTREUX RIVIERA CARD

Quando você se hospeda num hotel da Riviera Montreux, recebe no ato do check-in, o “Montreux Riviera Card” . Com este cartão, todo o transporte público pela região será gratuito durante sua estadia. É intransferível, vem com o nome do hotel em que você está hospedado e ainda oferece descontos de 50% nas principais atrações, como Chaplin’s World, Alimentarium, Nest Museum, passeios de trem pelas montanhas e nos cruzeiros da “Riviera Tour” pelo Lago Léman.

Site Oficial do Turismo de Montreux: www.montreuxriviera.com




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress Desenvolvido por