Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


08 de outubro de 2017

RASOI: UMA ARREBATADORA IMERSÃO DE SABORES NO MANDARIN ORIENTAL GENEBRA

Conheça o restaurante Rasoi do famoso chef indiano Vineet Bhatia no luxuoso hotel Mandarin Oriental em Genebra.

Localizado às margens do Rio Ródano próximo à histórica Ponte da Coulouvrenière, o Mandarin Oriental Genebra é uma das propriedades do Mandarin Oriental Hotel Group, a renomada marca de luxo global famosa por criar hotéis magníficos, com ambientação espetacular e em localizações únicas. Com atenção especial à gastronomia, o cinco estrelas abriga o Rasoi, o restaurante do estrelado chef indiano Vineet Bhatia que entrega pratos envolventes, resultando numa deliciosa fusão de cores e sabores.

Reconhecido no mundo inteiro pela tradição, excelência nos serviços e sobretudo por conceber hotéis deslumbrantes nas localidades mais privilegiadas do planeta, o Mandarin Oriental vai além do luxo contemporâneo e não mede esforços para oferecer restaurantes incríveis, comandados por chefs conceituados e que rendem inebriantes degustações em cada uma de suas propriedades. Em Genebra, onde estivemos recentemente a convite do Geneva Live Tourism (o órgão oficial de turismo da cidade), tivemos a oportunidade de conhecer o Rasoi – um das opções gastronômicas do Mandarin Oriental Genebra. Comandado pelo criativo Vineet Bhatia, primeiro chef indiano a receber em 2001 uma estrela do Michelin, seus pratos são deslumbrantes, coloridos, delicadamente picantes, fundem a tradicional cozinha indiana com a contemporânea e trazem uma suave combinação de sabores inovadores.

Mandarin Oriental Genebra. Às margens do Rio Ródano, próximo à histórica Ponte da Coulouvrenière, entrega três opções gastronômicas.

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

São quase 19 horas quando chego ao Mandarin Oriental Genebra. Como em setembro o sol se põe por volta das 20 horas, aproveito que o hotel fica às margens do Rio Ródano para ir até o passeio contemplar por alguns minutos suas águas límpidas cor de esmeralda. Olho para o elegante prédio de apenas seis andares em estilo Art Déco, renovado em 2008 pelo aclamado arquiteto Adam D. Tihany, e vejo que – além do famoso restaurante Rasoi assinado pelo Chef Vineet Bathia – há mais uma opção gastronômica, o Café Calla, e o MO Bar.

Logo na entrada, chama a atenção a refinada decoração com tons negros, superfícies de pedra e alguns toques em vermelho vibrante. Um moderno e brilhante forno Tandoor Indiano – feito de granito e protegido por um cubo de vidro – é outro destaque da convidativa entrada. Nele são assados os tradicionais Naan, os deliciosos pães indianos macios, fininhos e com bolhas crocantes servidos como acompanhamento em diversos pratos do elaborado menu do Chef Vineet.

Com décor contemporâneo e íntimo, o interior do salão principal repete as paredes em tons negros intensos entre cores vibrantes das confortáveis cadeiras e piso em tons purpúreos. Sentamos numa mesa colada à grande parede de vidro e, enquanto revíamos as opções do cardápio sob a ajuda do simpático staff, podíamos avistar o sossegado cais do Rio Ródano.

O MENU GOURMAND

Optei pelo Gourmand Menu (a partir de CHF 155,00), uma vez que através do menu degustação é possível conhecer um pouco mais da alma do restaurante e do trabalho do chef. A equipe – muito simpática e afiada – explica com riqueza de detalhes a composição de cada prato. Impressiona o delicado arranjo de flores na mesa e o cardápio em capa dura com o nome do restaurante em alto relevo. Trazem uma espécie de couvert composto por nachos acompanhados por dois molhos: mango chutney e pesto de hortelã com iogurte. Em seguida, chega à mesa um delicado Amuse Bouche em forma de frango macio com crosta saborosa e picante, acompanhado com molho de iogurte com ervas e pesto. Para harmonizar, um refrescante drink criação do chef com gengibre e pepino.

Encheu os olhos o primeiro prato do menu degustação servido num prato de pedra branca: Chili halibut, red cabbage mash “Pongal” kofta (filé de uma espécie de peixe chamada de Halibute com pimenta, bolinho indiano e purê de repolho roxo). Prosseguimos com o delicioso Peito de Frango Tandoori grelhado sobre cama de espinafre, molho de tomate branco e por cima uma crosta rendada de tomate. Continuamos com o Melon Pepper (sorvete de melão e pimenta e caviar de melão imersos em Champagne Perrier Jouët Blason Rosé) e o suculento lombo de cordeiro com gengibre defumado (Chowpatty Bhaji), perfeito para acompanhar os pães indianos Naan.

A apresentação, o contraste das cores e os ingredientes se harmonizavam e provocavam uma envolvente explosão de sabores. Pelas mãos de Vineet Bhatia, os doces vêm delicados e surpreendentes. Provamos duas lindas sobremesas. A primeira, vem com o cubo de Lego, gel de maçã verde, coco e ganache de chocolate; a segunda, traz uma versão perfeita de cheesecake de banana caramelizada com fios de ouro e sorvete de banana sob farofa de pistache. São apenas excelentes!

SOBRE O CHEF VINEET BHATIA

Nascido em Mumbai (Índia), Bhatia recebeu desde criança fortes influências culinárias da sua mãe, a quem ele descreve como uma excelente cozinheira com uma imaginação fantástica. “Foi maravilhoso crescer em Mumbai com tantas influências ecléticas ao meu redor. Era um verdadeiro caldeirão de misturas e delícias provenientes das mais diferentes regiões da Índia”, conta Vineet.

O renomado jornal The Gardian descreveu sua comida como “uma das mais inovadoras e surpreendentes cozinhas surgidas em Londres” e em 2001 ele recebeu sua primeira estrela do Michelin tornando-se o primeiro chef indiano a receber tal prêmio.

Simples, Vineet vem até a nossa mesa nos cumprimentar e perguntar se a comida estava boa. Respondo dizendo que o menu nos proporcionou uma viagem envolvente a uma Índia moderna e contemporânea, porém, ainda repleta de muitas cores, aromas, sabores e tradições.

Informações:

Localizado dentro do Hotel Mandarin Oriental de Genebra. O histórico prédio é de 1950 e foi o primeiro hotel de luxo a ser inaugurado na Europa depois da Segunda Guerra. Atualmente o Mandarin Oriental é o grupo hoteleiro mais premiado pelo Guia Michelin, contando com 18 estrelas distribuídas por 12 restaurantes mundo afora.

Restaurante de cozinha indiana contemporânea

O restaurante é uma das atrações da cena gastronômica de Genebra com a assinatura do Chef Vineet Bhatia

Menu degustação a partir de CHF 155,00 (Francos Suíços)

Entradas (a partir de CHF 32,00); principais (a partir de CHF 62,00); sobremesas (a partir de CHF 22,00)

Serve várias opções vegetarianas

Aberto de terça a sábado para almoço (12 h às 14 h) e jantar (19 h às 22 h)

O restaurante conta com o estacionamento do Mandarin Oriental Genebra

Recomenda-se fazer reserva antecipadamente

 

 

+ Tudo o que você precisa saber antes de partir para Genebra

+ O que fazer em Genebra: roteiro com as melhores atrações

+ Onde comer em Genebra: o restaurante Rasoi no Hotel Mandarin Oriental 

+ Onde se hospedar em Genebra: o envolvente hotel boutique N’vY

 

Mandarin Oriental Genebra

Quai Turrettini 1, 1201

Genebra – Suíça

Fone: +41 (22) 909 00 00

Mandarin Oriental, Quai Turrettini, Genebra, Suíça

SOBRE A VIAGEM A GENEBRA

Veron Campos, o autor do Viagem Sem Bagagem, viajou a Genebra a convite do Fondation Genève Tourisme & Congrès – o órgão oficial de turismo da cidade, com o apoio do Hotel N’vY (Manotel Group Geneva). Do Brasil, o autor viajou até o destino com a Condor Airlines (Thomas Cook Group) na rota Recife – Frankfurt – Genebra.  

Site Oficial do Turismo de Genebra: www.geneve.com/pt/




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress Desenvolvido por