Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


29 de outubro de 2017

De Genebra, Suíça, para o Teleférico do Monte Salève

Genebra abriga muitas atrações turísticas, como o Teleférico do Monte Salève e seu incrível mirante a 1.100 m de altitude.

Um lago de águas verdes transparentes, um rio cor de esmeralda, belas construções históricas e grandes áreas verdejantes aos pés das montanhas. O cenário encantador abriga Genebra. A pequena metrópole sabe como ninguém receber os visitantes do mundo inteiro com transporte público gratuito de excelente qualidade, rede hoteleira requintada, gastronomia impecável e vistas deslumbrantes. Conhecida mundialmente como a sede de várias organizações diplomáticas e ONG’s internacionais, a aconchegante “capital da paz” abriga uma boa variedade de atrações turísticas concentradas no seu pequeno território, como o Monte Salève. Do centro da cidade, pegamos um ônibus e em poucos minutos já estávamos no Teléferico, uma incrível estrutura que nos conduziu ao topo do monte de 1.100 metros de altitude.

Mont Salève (Genebra) e o teleférico. Uma experiência de tirar o fôlego a 1.100 m de altitude e a poucos minutos do centro da cidade

ONDE FICA O MONT SALÈVE

A estação do Teleférico do Mont Salève está localizada a 20 km ao sul do centro da cidade, na sossegada região conhecida como Etrembieres. O grande maciço de estrutura calcária é um dos símbolos de Genebra, mas que de fato está situado em território francês. Seu paredão possui várias “gargantas” e o corte bastante abrupto na montanha permite a prática de vários esportes radicias como parapente e escaladas. Como ele oferece uma visão panorâmica completa da cidade, é também chamado de “Balcão de Genebra”.

COMO CHEGAR AO MONT SALÈVE

É muito simples e rápido chegar até o Mont Salève. Do hotel onde estávamos hospedados, o Hôtel N’vY (veja o artigo), pegamos o ônibus nº8 em frente ao Hôtel Metropole e seguimos em direção a “Veyrier Douane”. Após 30 minutos chegamos na última parada e, seguindo as placas indicativas (há muitas durante o trajeto), caminhamos até atravessar a fronteira com a França, por isso não esqueça do seu passaporte. Em mais cinco minutos de caminhada chegamos na estação teleférica, de onde parte o bondinho até o topo do monte.

O teleférico hoje conta com bondinho que leva ao topo do Mont Salève em apenas 5 minutos

O QUE FAZER NO MONT SALÈVE

Inaugurado em 1932, o Teleférico do Mont Salève passou por uma restauração em 1984, cujo resultado fez o total de visitantes passar de 90 mil passageiros em 2005 para quase 200 mil passageiros em 2012. Lá em cima a grande  estrutura conta com mirante de onde é possível avistar a cidade, o lago e as majestosas montanhas do Jura e do Mont-Blanc (no lado sudeste). Para os amantes de esportes, há uma boa variedade de atividades ao ar livre, como andar de mountain bike, fazer trekking e até praticar esqui nórdico no inverno. A estrutura também conta com três opções gastronômicas: os restaurantes Le Panoramique e L’Observatoire e o café La Buvette Sympa. Na estação localizada no topo você ainda pode conferir uma exposição permanente de fotos que conta a evolução dos bondinhos desde os primórdios do século passado.

O teleférico do Mont Salève usa a técnica de dois bondinhos que se deslocam simultaneamente, sendo um indo e outro voltando. A tensão dos seus cabos de suporte é assegurada por um contrapeso de 90 toneladas. Segue uma metodologia rigorosamente segura com um plano de auditoria a cada semana, a cada mês, sendo uma grande intervenção realizada todos os anos.

ECONOMIZANDO DINHEIRO COM O GENEVA PASS

O Geneva Pass é a maneira mais econômica de conhecer as principais atrações de Genebra. Com este cartão nós exploramos gratuitamente 31 atrações, incluindo o Teleférico do Monte Salève. O passe começa a valer a partir do primeiro uso, sendo vendido para 1 dia (CHF 26,00), 2 dias (CHF 37,00) e 3 dias (CHF 45,00). Além disso, oferece acesso livre para toda a rede de transporte público da cidade.

+ Tudo o que você precisa saber antes de partir para Genebra

+ O que fazer em Genebra: roteiro com as melhores atrações

+ Onde comer em Genebra: o restaurante Rasoi no Hotel Mandarin Oriental 

+ Onde se hospedar em Genebra: o envolvente hotel boutique Hotel N’vY

+ Onde comer em Genebra: dicas com 10 restaurantes que você precisar conhecer  

SOBRE A VIAGEM A GENEBRA

Veron Campos, o autor do Viagem Sem Bagagem, viajou a Genebra a convite do Fondation Genève Tourisme & Congrès – o órgão oficial de turismo da cidade, com o apoio do Hotel N’vY (Manotel Group Geneva). Do Brasil, o autor viajou até o destino com a Condor Airlines (Thomas Cook Group) na rota Recife – Frankfurt – Genebra.  

Site Oficial do Turismo de Genebra: www.geneve.com/pt/

Como baixar o mini guia de Genebra em Português

Você pode adquirir gratuitamente o mini guia contendo informações e mapa sobre as principais atrações de Genebra. E o mais legal é que há uma versão em português!

Baixe aqui: https://www.geneve.com/pt/ver-e-fazer/geneva-amazing-experiences/

Telepherique du Salève
Route du téléphérique
74100 Etrembieres

Téléphérique du Salève (Gare de départ), Route du Téléphérique, Étrembières, França




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress Desenvolvido por