Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


Até o final de agosto, no Domaine de Chaumont-sur-Loire, passeios noturnos acontecem dentro do Festival Internacional dos Jardins, das 22h às 24h00, com o tema ” O Poder das Flores”.

Todas as noites, de 1º de julho até 31 de agosto, das 22h até a meia-noite, o belíssimo Castelo Domaine de Chaumont- sur-Loire propõe passeios noturnos dentro do Festival Internacional dos Jardins, com o tema “O Poder das Flores”.

Ancorado pelo evento  “Jardins de Luz” o festival convida visitantes em família ou entre amigos, a uma proposta poética de observação de flores e jardins exuberantes, realçados por efeitos de luzes, transformando-se em paisagens mágicas e surpreendentes. Reflexos sutis e sombras móveis, luzes e efeitos especiais trazem atmosfera insólita, mágica e misteriosa a estes magníficos jardins franceses.

Em sua 26ª edição, o Festival Internacional dos Jardins se realiza graças à tecnologia eletroluminescente de baixo consumo de energia, portanto respeitosa ao meio ambiente, fauna e flora, sob os auspícios da Phillips e da CitéOs.

Incendiado em 1465 por Louis XI, o Domaine de Chaumont- Sur-Loire foi reconstruído alguns anos mais tarde. Propriedade da família d’Amboise durante 500 anos, é Charles II d’Ambos que o transforma mais tarde em um castelo renascentista. O local abriga parques, local para exposições e eventos culturais o ano inteiro. A dica é da ATOUT FRANCE, agência de promoção turística da França, com sedes no mundo inteiro e também no Brasil.

Sobre o Domaine de Chaumont-Sur-Loire

Em 1550, Catherine de Médicis adquire o Domaine e o reparte em 1560 a favor de Diane de Poitiers, antiga dama favorita do Rei, que acaba sendo responsável pela transformação do castelo em sua atual configuração. Novamente, em 1750, Jacques-Donatien Le Ray ordena a destruição da Asa Norte e abre um mirante espetacular com vista para o vale do Loire. Ele contrata o escultor italiano Jean-Baptiste Nini, cuja bela coleção de peças únicas por ele assinada é digna de visita.

Em 1875, Marie-Charlotte-Constance Say compra o Castelo e se casa com o principe Henri-Amédée de Broglie. Ela decora as peças com mobiliário renascentista e supervisiona obras e restauros para sediar grandes recepções.

Cedido ao Estado em 1938 pela Princesa  d’Orléans et Bourbon, o Domaine de Chaumont-sur-Loire hoje é propriedade da Região  la  Centre-Val de Loire desde 2007 e  Estabelecimento Público de Cooperação Cultural desde Janeiro de 2008.




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress Desenvolvido por