O espetáculo, que marca o último trabalho de Marília Pêra como diretora, ocorre em duas sessões dias 3 e 4 de junho, no Teatro de Santa Isabel.

O casal Danielle Winits e André Gonçalves estão em turnê com a peça Depois do Amor, um encontro com Marilyn Monroe,na qual Winits interpreta Marilyn e Gonçalves vive uma mulher no palco – uma ex-amiga da icônica atriz. No Recife, o espetáculo, que marca o último trabalho de Marília Pêra como diretora, ocorre em duas sessões, dias 3 e 4 de junho, no Teatro de Santa Isabel. Quem assina a produção local é a Art Rec Produções. Ingressos já estão à venda a partir de R$ 35 (serviço abaixo).

+ Vídeo: https://youtu.be/pThTowP2pg0

A peça, que se passa em 1962, remete aos bastidores do filme Something’s Got To Give, com Marilyn Monroe no elenco, mas que nunca foi finalizada, já que a atriz morreu em agosto do mesmo ano. Nos primeiros 16 dias, Monroe, interpretada por Winits, não apareceu no set de filmagens alegando uma sucessão de enfermidades. Quando finalmente decidiu trabalhar, estava mais magra e foi preciso ajustar todo o seu figurino, que havia sido encomendado por ela ao famoso estilista Jean Louis. Margot Taylor, vivida por André Gonçalves, foi designada para a tarefa e encontrou a atriz em sua nova casa. Assistente do estilista, ela era também velha conhecida da sexy symbol.  

Depois do Amor poderia ser definido como um estudo da alma feminina, mas pode ser mais que isso. Em cena, um dos maiores mitos da feminilidade do século XX: Marilyn Monroe, a mais absoluta encarnação do glamour e da carência afetiva, e Margot, uma mulher comum. Apesar das diferenças abissais entre os dois mundos, a mesma prisão as aproxima: a dificuldade de se afirmar com autonomia em um mundo controlado pelos homens e a impossibilidade de encarar a via sem afeto. O enredo revela outra Marilyn: mulher, elegante, sofisticada, muito complexa, séria, mas também extremamente divertida e inteligente.  A mulher por trás do mito, mais humana e certamente ainda mais fascinante.

 

MONTAGEM – Marília Pêra, grande dama dos palcos, da televisão e do cinema, passou os últimos dois meses de vida fazendo aquilo que mais amava: exercendo o seu ofício. Apesar da saúde fragilizada, ela abriu as portas de sua casa no Rio de Janeiro para receber o elenco e equipe do espetáculo. Marília trabalhou até poucos dias antes de falecer. A estreia aconteceu em Manaus, no histórico Teatro Amazonas, dia 5 de dezembro de 2015, mesmo dia da morte da genial atriz.

 

Ficha Técnica 

Autor – Fernando Duarte

Direção – Marília Pêra

Diretor Assistente – Fernando Philbert

Elenco – Danielle Winits e André Gonçalves

Figurinos – Sônia Soares

Cenário – Natalia Lana

Iluminação – Vilmar Olos

Trilha sonora – Paula Leal

Ass. de Direção – Mayara Travassos

Projeções – Anibal Diniz

Visagismo – Max Lira e Chico Toscano

Fotos material gráfico – Lucio Luna

Fotos de cena – Guga Melgar

Direção de produção – Cássia Vilasbôas e Fernando Duarte

Realização – NOVE PRODUÇÕES Culturais

 

Seguro viagem geral 728x90




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress Desenvolvido por