Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


A mistura de arte, design e a boa gastronomia da Bélgica são os atrativos do Belga Hotel. Uma excelente opção de hospedagem no efervescente e revitalizado Centro Histórico do Rio de Janeiro. 

A primeira coisa que se nota no Belga Hotel Rio de Janeiro é sua bela arquitetura. Uma elegante e expressiva construção branca em estilo Art Déco, datada de 1927, cuja fachada – repleta de afrescos e charmosas sacadas com gradis pretos – lembra os palacetes construídos no início do século passado. Um estilo bem europeu, onde prédios icônicos, restaurados e preservados, são transformados em hotéis cheios de personalidade, em que o design e arquitetura são os principais destaques.

A atrativa fachada em Art Déco do Belga Hotel Rio de Janeiro

 

Localizado na Rua dos Andradas, no cruzamento com a Av. Marechal Floriano, o hotel (primeiro da bandeira da Bélgica instalado no país) é a mais nova opção de hospedagem no coração da região histórica do Rio (agora revitalizada) e a poucos passos da Praça Mauá (Boulevard Olímpico) com suas novas atrações culturais, dentre elas o Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio (MAR) e o AquaRio. Mas não só isso: inclua também o “walking tour” Pequena África, que permite uma “viagem” pelos locais que mantêm muitos registros ainda preservados da herança africana no Rio de Janeiro.

O retrofit do prédio preservou os detalhes dos afrescos

Iluminação ressalta detalhes do edifício histórico de 1927. No térreo, a Belga Brasserie

 

ESTRUTURA

Bastante exclusivo, o Belga Hotel Rio possui apenas 25 apartamentos distribuídos nos cinco andares, cujas cores dos corredores são diferentes e únicas. A fachada (quase secular) foi mantida originalmente, mas por dentro o conceito é moderno, com um design bem pensado e algumas tecnologias. No lobby – que conta com uma verdadeira pérola (um elevador pantográfico restaurado) – funciona o restaurante Belga Brasserie. O desenho do interior, bastante arrojado, foi concebido pelo renomado arquiteto belga Dirk Engelen, do escritório B-architecten; as escadarias são de mármore de carrara.

“Como contávamos com espaços muito reduzidos num prédio histórico, tivemos que ousar no projeto e aproveitar muito bem cada espaço, com compartimentos e guarda-volumes, dentre outras soluções inteligentes”, afirma Mervyn Scheepers – gerente geral do Belga Hotel. Ainda segundo ele, outro grande desafio foram os banheiros. Uma espécie de cone iluminado com vidro curvado, cuja fabricação ainda é rara no Brasil.

Lobby (recepção) com desing contemporâneo

Ao lado da escadaria o elevador pantográfico

Características da fachada em estilo art déco foram mantidas na escadaria

 

Em cada andar, há pequenos lounges aconchegantes com móveis vintage, cujo espaço pode ser utilizado para acessar a Internet WI-Fi de alta velocidade (incluída na diária), socializar ou simplesmente servir como sala de leitura.

Em cada andar pequenos lounges maximizam a sensação de acolhimento

O detalhamento dos projetos ficou a cargo dos arquitetos Lucyana Oliveira e Bruno Vilela

 

QUARTO

Com um conceito atual e bom isolamento acústico, o meu quarto era do tipo standard com uma cama lounge com cofre e baú para a bagagem embutidos, wifi de alta velocidade e banheiro cônico de vidro com uma iluminação de LED multicor personalizável e cromoterapêutica. Na janela, cuja vista é para as ruas do centro da cidade, há uma cortina com motivos e desenhos que fazem referência ao artista plástico René Magritte, um dos principais nomes do surrealismo belga.

Quarto standard: compacto e tecnológico

Banheiro de vidro em forma de cone com luzes personalizáveis

A smart TV conta com menu interativo em que é possível espelhar o celular

Banheiro. Banho com divertida iluminação cromoterápica

 

O kit de amenities é da marca Terra Brasilis e conta com shampoo, condicionador, hidratante corporal e sabonete líquido. O lavabo é bastante compacto; já os compartimentos para guardar malas e bagagens são bastante espaçosos.

Lavabo, guarda-volumes, cofre digital e kit de amenities

Room with a view. Janela com vista para o Centro do Rio de Janeiro

 

CAFÉ-DA-MANHÃ

Incluído na diária, o café-da-manhã é gourmet à la carte. Elaborado pelo chef belga Alexandre Binard, é servido na Belga Brasserie (o restaurante do hotel), das 6 h às 10 horas. São três opções de cardápios especiais fechados, que mudam a cada semana. Tudo muito fresco, sazonal e rico em sabores. A base é a culinária belga, cuja influência francesa é muito forte. Numa das opções Gourmet (R$35,00), você escolhe um café, suco de frutas do dia & salada de frutas, cesta de pães e croissant au beurre manteiga e cream cheese, toast met kipsalada, torrada com salada de peito de frango, abacaxi e manga ao dressing de yoghurt com curry.

Uma das opções do café-da-manhã à la carte servido no Belga Brasserie

 

Mobilidade. O Belga Hotel está localizado a apenas 100 metros da estação de metrô Uruguaiana e do novo VLT, integrando o centro financeiro e o corredor cultural ao aeroporto Santos Dumont e à rodoviária, além das praias da Zona Sul do Rio de Janeiro.

 

 

— VEJA MAIS DICAS DE HOSPEDAGEM E GASTRONOMIA NO RIO DE JANEIRO —

GRAN MELIÁ NACIONAL RIO

GRAND HYATT RIO DE JANEIRO 

SHERATON BARRA

RESTAURANTE A SEREIA GRAN MELIÁ NACIONAL RIO

◊ BELGA BRASSERIE (BELGA HOTEL)

◊ CANTÔ GASTRÔ & LOUNGE (GRAND HYATT RIO)

◊ BRUNCH NO TANO CUCCINA ITALIANA (GRAND HYATT RIO)

 

 

 

**O Viagem Sem Bagagem se hospedou no Belga Hotel Rio de Janeiro a convite da MMA Comunicação. No entanto, todas as opiniões expressas aqui são isentas e refletem fielmente a opinião do autor. 

 

Belga Hotel Rio de Janeiro

Rua dos Andradas, 129

Centro – Rio de Janeiro/RJ

Fone: (21)2263-9086

Site: http://www.belgahotel.com.br/pt/home/

 

Voe com a Condor!




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress Desenvolvido por