De Miami para a Grand Bahama Island num mini cruzeiro de 4 noites

Por Veron Campos - 14/01/2016

Grand Bahama Island é um paraíso formado por um conjunto de ilhas com praias de areia fina e branca, sensação de férias intermináveis.

Localizada a apenas 450 km a sudeste de Miami, a Grand Bahama Island é um paraíso composto por um conjunto de ilhas com praias de areia fina e branca, mar com águas em vários tons azuis e aquela sensação de férias intermináveis. Foi aqui na bela e pequena cidade de Freeport que o nosso cruzeiro fez a primeira parada. Bem-vindos as Bahamas!

G0980243
Primeira parada do mini cruzeiro de quatro noites: Grand Bahama Island

Diga “hello” para Freeport. Foi assim que estampava o jornalzinho FREESTYLE DAYLE no segundo dia do mini cruzeiro de quatro noites pelas Bahamas. Esse jornal, entregue todos os dias em nossa cabine, continha todas as informações a respeito da programação no animado e grandioso navio SKY da Norwegian Cruise Line. Nele havia dicas de passeios e como fazer as reservas para as excursões terrestres. Continha os horários de todas as atividades, os destaques do dia, os eventos especiais, quais as festas que estavam rolando na piscina e os shows no maravilhoso Teatro Stardust. Além de todas as informações e excelente organização, todos os dias um gentil funcionário batia na porta da cabine e perguntava se tudo estava correndo bem e se precisávamos de alguma coisa. Maravilhoso atendimento!

PRIMEIRA PARADA – FREEPORT HARBOUR

Pra quem não sabe, a Grand Bahama Island é uma das ilhas do arquipélago das Bahamas e a maior e mais próxima ilha do litoral americano. Foi exatamente no Freeport Harbour onde o navio atracou para que os passageiros pudessem conhecer as belezas naturais da ilha. Apesar do cruzeiro ter chegado cedo no porto, eu me acordei tarde e tive poucas horas disponíveis para um tour pelo arquipélago.

Após o rápido procedimento de saída do navio, o que você verá em Freeport Harbour é uma pequena vila com casinhas coloridas vendendo os mais diversos produtos de artesanato. Algo que agrada bastante aos gringos. Há também barracas com venda de bebidas e comidinhas bem típicas da ilha. Destaco as filiais do Señor Frog’s e do Fat Tuesday, dois bares muito conhecidos em Las Vegas.

É exatamente aqui em Freeport de onde partem todas as vans e taxis que levam os turistas para os passeios e pontos turísticos mais visitados da ilha, como International Bazaar, Island Palm, Xandu Beach, Pelican Bay, Port Lucaya, Taino Beach, Paradise Cove, Crystal Beach, dentre outras. Os preços variam de US$4,00 a US$9,00 por pessoa (cada viagem).

IMG_5097
Placa indicativa dos preços das tarifas dos taxis em Freeport Harbour

Como os passageiros devem estar de volta à embarcação às 16 horas, recomenda-se que você acorde cedo, caso queira realizar algumas das excursões disponíveis na ilha.

G1231065
Feirinha com produtos típicos da Grand Bahama Island em Freeport Harbour
G1191061
A primeira parada do mini cruzeiro da Norwegian Cruise Line – Freeport Harbour

ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE AS BAHAMAS

  • Nassau foi um popular refúgio para os piratas do Caribe no Século XXVIII.
  • A primeiras pessoas que habitaram as Bahamas foram chamados de Tainos.
  • O nome Bahamas é originário das palavras em espanhol “baja mar”, que significa mar de águas rasas.
  • Durante o período glacial, o nível do mar era 75 metros abaixo do nível atual.
  • O flamingo é ave símbolo do país e o marlin azul é o peixe nacional.

A FOME É GRANDE? SÃO VÁRIOS RESTAURANTES

Eu poderia até pensar que estava num cruzeiro gastronômico, haja vista a quantidade de restaurantes com as mais diversas opções. Era tanta variedade que às vezes ficava difícil escolher o que degustar, com a fartura de comida muito bem distribuída durante o dia inteiro no café-manhã, almoço e jantar. Todas essas refeições estavam incluídas no pacote do cruzeiro e eram bem naquele estilo dos buffets de  Las Vegas – all you can eat (coma tudo que você puder). E, além das refeições principais, servidas em restaurantes mais elegantes, havia um restô aberto por 24 horas, o The Great Outdoors. Ele é tipo um buffet casual ao ar livre dividido em duas grandes estações que servia desde lanches mais rápidos, como hambúrgueres e sanduíches, até massas, carnes, saladas, frutas e sobremesas. E o melhor de tudo, com mesas externas que davam para uma vista deslumbrante do oceano.

Ao lado desse buffet ao ar livre há um bar – o The Great Outdoors Bar – que serve vários drinks, cervejas e algumas bebidas top e premium, como a vodka Grey Goose. Essas bebidas não estão incluídas no preço do cruzeiro e, por causa disso, nós adquirimos o pacote de bebidas ilimitado – o UBK (unlimited beverage package). Com esse pacote você pode consumir à vontade todas as bebidas que custam até US15,00, ou seja, praticamente todas. Um excelente custo benefício!

Outra opção bastante procurada para os jantares era o amplo restaurante The Palace, um elegante restô, bastante comfortável e com uma decoração romântica. Seu cardápio com especialidades internacionais mudava diariamente. Novamente o atendimento se destacava com um serviço impecável, rápido e cordial.

Vou mostrar alguns dos pratos que eu escolhi durante alguns jantares. No sentido horário: Crunchy Garden Vegetable Salad, Whole New York Striploin Roast, Lemon and Black Pepper Tilapia e Caesar Salad. Todos os pratos estavam razoavelmente bem apresentáveis, no entanto faltava um pouco de sabor.

No primeiro post sobre o cruzeiro de quatro noites para as Bahamas (veja aqui), mostrei como foi o embarque e a partida do Porto de Miami. No próximo post chegaremos a cidade de Nassau, onde fica o mega resort Atlantis Paradise Island…

Posts relacionados

Navios da Costa oferecem três cruzeiros para o Carnaval na América do Sul

Conheça o Seaview: o cruzeiro da MSC para temporada brasileira 2018/2019

Cruzeiro para as Bahamas com a Norwegian Cruise Line

Comente pelo Facebook