Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


QUASE MORRI CONGELADO NA MINHA PRIMEIRA VEZ EM NOVA YORK  

Vou começar esse post com uma frase que tem tudo a ver com o que eu tava sentindo quando desembarquei no aeroporto de Nova York – o JFK:

VOCÊ ESTÁ ATRACADO NO PORTO VENDO A VIDA PASSAR OU ESTÁ NAVEGANDO POR AÍ EM BUSCA DOS SEUS SONHOS? ◑‿◐

Eu sei, eu sei que essa frase já está muiiito batida, no entanto, ela é a mais pura verdade, AMICOS!

Eu quase desisti, quase dei um GIVE UP, quase não sai do aeroporto com medo e receio da temperatura extrema. Não to sendo dramático e EXAGERADO jogado aos seus pés, eu sou mesmo exagerado. To falando sério! Vocês não fazem ideia de como estava feia a situação em Nova York naquele frio dia de inverno.

Para você que ainda não me acompanha aqui no blog dos LINDOS, eu estava voltando do meu período de intercâmbio em Las Vegas. Era o último dia de fevereiro deste ano e resolvi escolher um voo com uma parada de 15 horas na BIG APPLE. Será que eu fiz uma boa escolha, GENTCH?!

Mas antes de me aventurar em NY, eu fiz as contas de quantas horas eu teria disponível para o meu ROLÉ.

Pensei assim: subtraí do total das 15 horas de conexão 4 horas para o deslocamento (DUAS HORAS PARA A IDA E DUAS HORAS PARA A VOLTA) pra o aeroporto. Isso me deixou numa zona de conforto, já que eu tinha livre praticamente onze horas para ZANZAR pela cidade.

Mas aí também surgiu outra dúvida: para quais locais eu deveria ir? O que eu deveria fazer? Sair numa cidade tão cosmopolita, sozinho e com as horas contadas soava meio estressante. Seria aquele corre-corre danado e ALUCICRAZY.

Manhattan, Ponte do Brooklyn, Estátua da Liberdade, Central Park ou o Upper East Side? – Nenhum desses!

Preferi delimitar minha área e ir para a Times Square, Broadway e redondezas.

Despachei minhas duas malas grandes, peguei o AIR TRAIN dentro do aeroporto, desci na JAMAICA STATION, entrei no METRÔ e fui parar na Sétima Avenida (próximo a Broadway). Tudo isso com a minha pesada malinha de mão.

Mas isso não foi problema algum. O PIOR ainda iria acontecer nesse dia de céu tão azul e límpido em NYC.

Vê só as fotos que eu tirei! Não ficaram lindas?!

IMG_6172

IMG_5424

NYC

IMG_5276

Times Square

IMG_5273

Times Square

IMG_5694

Times Square

Eu queria estar vestido como uma dessas fantasias FOFINHAS de personagens de desenho animado (MUPPETS ou SMURFS) pra poder GUENTAR o frio congelante.

E personagem era o que não faltava na Times Square. Para todos os cantos que eu olhava, via também alguém fantasiado de super-herói ou vilão de filmes de aventura, como o Batman e o Pinguim. Eheheheh.

Obviamente eles estão ali pra ganhar um TROCADINHO, né GENTCH, tirando fotos com quem se dispõe a pagar.

IMG_5427

IMG_5094

Times Square

Tá, mas eu preciso te dizer que era muita informação pra ser absorvida em poucas horas nesse BATE-E-VOLTA em Nova York. Meu cérebro não tava preparado pra tanta imagem, tanto led e tantos painéis luminosos. Creio eu que em nenhum lugar do mundo há uma concentração tão grande desses painéis.

Essa mistura de belíssimos prédios em arquitetura ART DECO com toda essa modernidade criou uma atmosfera bastante futurista (até um pouco GÓTICA). Me senti como se estivesse numa GHOTAM CITY.

Às vezes me sentia confuso, meio perdido em meio aquela fumaça branca que saia de vários tubos laranjas.

Dá só uma espiada nessa foto tirada em cima dos famosos degraus vermelhos da TKTS!

IMG_5279

Quase todo mundo ficava nesses degraus vermelhos contemplando e tirando fotos da vibrante e pulsante Times Square. Obviamente, eu também não poderia deixar de fazer os meus registros.

Mas por favor não reparem minha boca TORTA. É sério! Devido ao frio intenso (-10°C), um dos efeitos que eu senti foi uma pequena paralisia nos meus lábios e na minha face. Sentia dificuldade até em articular as palavras corretamente. E olhe que eu estava muito bem agasalhado!

Mais uma pausa para uma SELFIE!

IMG_5280

Congelando na Times Square.

Mas vocês sabem a quem eu devo minha salvação em Nova York? Já conseguiram adivinhar?! Não?

Tá, quem me salvou de uma morte fria e congelante foi a STARBUCKS!!! Por isso eu amo a STARBUCKS. Não sei mais viver sem ela.

A cada esquina tinha uma. Onde eu parava pra me aquecer e tomar um café bem quente.Também aproveitava pra usar o wi-fi THE FLASH.

Por falar em wi-fi, sabe o que aconteceu com meu IPHONE? Por várias vezes ele entrava em parafuso e parava de funcionar por causa do frio. Quando colocava ele no bolso (num lugar mais quentinho), voltava a trabalhar. Pense num frio!!!

Mas o pior efeito do frio no meu CORPITCHO foi sentido nas mãos.

Sim, eu estava usando luvas de couro da Kelvin Clein. Só que eu precisava retirá-las (às vezes) para poder manipular minha câmera e meu celular. E, quando eu fazia isso, elas começavam a rachar e sangravam. Por causa disso eu até pensei em colocar como título desse post BLEEDING IN NEW YORK (sangrando em NY). O que acham?

IMG_5191

Vou ficando por aqui, mas prometo voltar em breve (ou não tão breve) com mais posts e dicas sobre Nova York. ♥

 

 




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress Desenvolvido por