Newsletter

Assine abaixo para receber as últimas novidades do blog no seu e-mail!


O PORQUÊ DO NOME PARRAXAXÁ 

A primeira coisa que eu quis saber quando fui almoçar no Parraxaxá – eu já havia ido alguns anos atrás – era conhecer a origem do seu nome. E, como gastronomia também é cultura, descobri que esse era o grito ou canto de guerra entoado pelos cangaceiros de Lampião – o Rei do Cangaço. Durante suas batalhas com as volantes (polícia da época), ele era usado para instigar os ânimos dos cangaceiros.

E animação é o que não falta nesse restaurante, considerado o mais representativo no quesito culinária nordestina, de raízes e autêntica. Um lugar que mostra fielmente os pratos típicos de um povo alegre, que se estende da Zona da Mata, passa pelo Agreste e termina no Sertão. Sua cozinha é uma miscigenação entre culturas originárias dos africanos, indígenas e europeus. Uma fusão das culinárias criadas nas senzalas e casas-grandes dos engenhos de açúcar, das aldeias dos índios e dos mosteiros.

DCIM100GOPROG1530959.

Bonecos de barro típicos da cidade de Caruaru, região do Agreste de Pernambuco, que sintetizam a animação do povo do interior.

 

Por ter nascido e passado toda minha infância na região do Agreste Pernambucano, na cidade de Limoeiro, eu sempre tive contato com o queijo de coalho, de manteiga, a tapioca, o beiju, o doce-de-mamão, a carne-de-sol, a buchada, o sarapatel e até a rapudura que os vizinhos traziam do Juazeiro do Norte.

Todas essas gostosuras e gordices nordestinas a gente encontra multiplicada no maravilhoso Buffet do Restaurante Parraxaxá. E, por falar em Buffet, posso afirmar que o Parraxaxá (como é temático) me lembra os grandes e mega Buffets de Las Vegas, a capital mundial da comilança.

E para começar, Buchada de Bode com Pirão (um dos pratos mais pedidos), Sarapatel (que não pode faltar) e Rabada com Agrião. Todos deliciosos! E que tal uns drinks arretados para acompanhar? Pedimos Suor de Virgem, Cabra Macho (com menta) e Leite de Quenga, o meu preferido, com Cachaça e suco de fruta tropical. O “must” da nordestinidade.

DCIM100GOPROG1800987.

Drinks bastante sugestivos do Parraxaxá: Leite de Quenga, Cabra Macho e Suor de Virgem.

DCIM100GOPROG1610967.

Sarapatel e Buchada de Bode com Pirão para começar o almoço no Parraxaxá.

 

O restaurante tem uma variedade muito grande com mais de cento e cinquenta tipos de pratos servidos diariamente e que se alternam. Isso significa que nem sempre você encontrará o famoso Suvaco de Cobra, que é uma farofa de carne-de-sol com milho e cebola. Confira abaixo algumas fotos do Buffet!

DCIM100GOPROG1390945.

Estação de saladas e frutas tropicais.

DCIM100GOPROG1680974.

A estação de saladas vista por outro ângulo.

DCIM100GOPROG1760982.

O famoso Camarão na Pitinga elaborado pelo Chef Edson Rosas.

 

Segundo o Chef Edson Rosas, o famoso prato Camarão na Pitinga (ao centro) é uma homenagem a uma senhora (D. Pitinga) que ele conheceu numa fazendo no estado de Minas Gerais. Leva massa de mandioca, cachaça, leite-de-côco, pimenta e azeite-de-dendê.  Ainda, de acordo com ele, o restaurante sempre procura transformar pratos tradicionais em regionais, incorporando ingredientes típicos da culinária nordestina. Outra preocupação da casa é buscar pratos dos antigos engenhos, das sinhás e também do Sertão. Usar ingredientes naturais, vegetais orgânicos e produtos obtidos diretamente das fazendas do interior de Pernambuco, como o leite de vaca proveniente de Paudalho, os queijos da cidade de Caicó no Rio Grande do Norte, as galinhas de capoeira de João Pessoa na Paraíba e o café Iguara da cidade de Taquaritinga do Norte.

DCIM100GOPROG1690975.

Estação de carnes, peixes e frango.

DCIM100GOPROG1570963.

A estação das sobremesas do restaurante Parraxaxá de Casa Forte.

 

Todos nós sabemos que os doces fazem parte da típica culinária pernambucana. Eu, particularmente, sempre vi minha avó e tia-avó fazendo o saboroso doce de mamão com côco, doce de caju e doce-de-leite. Eram irresistíveis e permanecem na minha memória desde a infância no interior. E, no Parraxaxá, eles são apresentados numa grande estação, como se fosse um passeio por um mundo colorido e açucarado que lembra o carinho das nossas avós.

Nele estão presentes a Delícia de Sagu que é uma sobremesa composta por sagu cozinhado no leite-de-coco e leite condensado, com coco crocante por cima; o Caboclo Gelado que é um bolo de rapadura com sorvete de cachaça e cobertura de mel de rapadura; o Bolo da Vovó, feito com queijo de coalho; o Pudim de Rapadura, um dos carros-chefe do restaurante e feitos com os ingredientes da rapadura; o Doce de Laranja da Terra, proveniente de Triunfo; o Cocorete, que é uma cocada de forno; o tradicional Bolo Souza Leão e o famoso Bolo de Rolo, uma iguaria pernambucana.

DCIM100GOPROG1590965.

Doce de Laranja da Terra de Triunfo, Doce-de-leite, Doce de Jaca e outras iguarias típicas de Pernambuco.

DCIM100GOPROG1580964.

Bolo de Bacia, Bolo de Café e i pernambucaníssimo Bolo de Rolo.

DCIM100GOPROG1920999.

A famosa Cartola do Parraxaxá: uma sobremesa simples e deliciosa.

DCIM100GOPROG1860993.

Não dá para degustar tudo, pois são muitas opções. Selecionei algumas iguarias, como o Pudim de Rapadura, o Doce de Laranja da Terra, a Baba de Moça e o Doce de Jaca.

 

Depois de degustar um Buffet rico e maravilhoso de comidas típicas do Nordeste, ainda tive o prazer de ser super bem atendido. Todos os colaboradores são extremamente atenciosos e trabalham com um sorriso estampado no rosto, sinal de que tudo é feito com muito amor e carinho. Em especial quero agradecer a atenção e paciência da Gerente Vera Mota, do Chef Edson Rosas e do Supervisor Edmar da Silva. Todos uns fofos!

 

DCIM100GOPROG2101017.

A belíssima fachada do Restaurante Parraxaxá que simboliza as típicas residências dos sertanejos nordestinos.

 

DCIM100GOPROG2031010.

A estátua de Luiz Gonzaga e os simpáticos colaboradores que trabalham vestidos em trajes típicos de cangaceiros.

PARRAXAXÁ

Casa Forte: Rua Igarassu, 40 – Recife, PE

Boa Viagem: Av. Fernando Simões Barbosa, 1200 – Recife, PE




Comente pelo Facebook

Ou comente por aqui:

Uma resposta para "PARRAXAXÁ COZINHA TÍPICA NORDESTINA"

Confira aqui as postagens mais lidas!

Viagem Sem Bagagem • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress Desenvolvido por